Advertisement

Shineray inaugura fábrica em Cabo de Santo Agostinho (PE)

Única planta de segmento fora de Manaus (AM), unidade tem capacidade para produzir 250 mil motos por ano

01/07/2015 15:33

Nesta semana, a Shineray começou a operar sua fábrica no país, localizada em cabo do Santo Agostinho (PE) – dentro do complexo de Suape. A unidade tem 210 mil m² de área total, das quais 60 mil m² de área construída, e a capacidade de produção é de 250 mil motos por ano. No total, foram investidos R$ 130 milhões.

Paulo Perez, sócio-diretor da Shineray, explica as razões que levaram a marca a optar por outra região que não fosse Manaus. “Quando se fala em Manaus, sempre se olha única e exclusivamente para benefícios fiscais e subsídios. A indústria é bem mais do que isso. E nos estudos comparativos, levando-se em conta as vantagens fiscais e as vantagens estruturais de pessoal e de logística, obtivemos um ganho muito maior, que compensou abrir mão dos subsídios.”

De acordo com a Shineray, em princípio serão 20 modelos montados em Pernambuco. A partir de outubro, a fábrica contará com laboratório e pistas de testes on e off-road. “Numa moto de R$ 4,900, R$ 1.107 (22,6%) corresponderão a componentes importados e R$ 3.792 (77,40%) a nacionais”, acrescenta Perez.

No Brasil desde 2005, a Shineray vendeu 116 mil unidades em 2014 e a previsão para 2015 é chegar a 130 mil. Hoje, é a quinta colocada no ranking entre as marca no país, e a meta é atingir o terceiro lugar já no próximo ano. O Nordeste concentra 53% das vendas, mas Minas Gerais é o estado campeão de negociações. Bahia e Pernambuco aparecem logo atrás.

Eu e ela: “difícil encontrar uma moto que me dê mais prazer”

Honda CBR 1000RR Fireblade ganha edição limitada Marc Márquez

Harley-Davidson lança conceito Dark Custom no país

Indian montará cinco modelos no Brasil, e planeja mais

Nas bancas: os primeiros testes no Brasil de Kawasaki Z300 e Vulcan S

APLICATIVO



INSTAGRAM