Quatro Rodas

Triumph Daytona retorna com 765 em série limitada

Esportiva com motor de 3 cilindros estava fora de linha, mas volta revigorada pela parceria da marca com a Moto2

26/08/2019 16:03

A Triumph Daytona 675 estava fora de linha, mas seu retorno já era aguardado. Neste ano a Triumph passou a fornecer os motores da categoria Moto2 do mundial de motovelocidade. E nada mais natural que o 3 cilindros de 765cc também equipar um modelo de rua. Afinal, o objetivo da presença de qualquer marca nas competições é obter exposição e vendas.  

A etapa inglesa de Silverstone, no último domingo (25), foi escolhida para a revelação da nova Daytona 765. Inicialmente em série limitada com o tema da Moto2, terá carenagem de fibra de carbono preta com logomarca da categoria. O motor da naked Street Triple RS recebeu upgrades nos componentes internos para atingir 130 cv a 12.250 rpm e 8,1 kgf.m a 9.750 rpm. 

Para equipar a nova Triumph Daytona 765 foram escolhidos freios Brembo Stylema, com pinças radiais monobloco de quatro 4 pistões. As suspensões são multiajustáveis Öhlins com garfo de 43 mm NIX30 e amortecedor TTX36. Pneus com foco em uso esportivo são Pirelli Diablo Supercorsa SP. Por fim, o pacote de eletrônica embarcada, ajustado de um painel TFT colorido, inclui cinco modos de pilotagem e quickshifter bidirecional. 

A Triumph Daytona Moto2 terá 765 unidades destinadas a Estados Unidos/Canadá, e 765 para Europa, Ásia e outros países. Uma versão para produção em massa deve ser integrada à linha 2020 sem itens como carenagem de fibra de carbono.   

 

©Copyright Duas Rodas. Para adquirir direitos de reprodução de conteúdo, textos e/ou imagens: marcelo@revistaduasrodas.com.br     

 

APLICATIVO



INSTAGRAM