Museu da Honda abre em janeiro com 58 motos

Acervo conta história da marca em território nacional através de modelos produzidos desde 1976

07/12/2018 10:12

Ícones da Honda no Brasil como CG 125, CB 400, CBX 750F e XL 250R são alguns dos modelos que ajudam a contar a história local da marca. E que fazem parte do acervo de 58 motos, propaganda de época e itens autografados do museu Honda Fan Club, agora aberto ao público em Indaiatuba (SP).

No novo espaço as motos produzidas pela Honda no país estão separadas por famílias, como as mencionadas acima, exibidas com suas versões e atualizações ao longo dos anos. Todas as gerações da CG, com suas variações de luxo ML e esportiva Turuna; as CB 400, 450, 500 e CBR 450SR; as variações da XL 250, como XLX 350R, NX 350 Sahara e NX 400 Falcon; e também scooters, motonetas e modelos mais recentes dos anos 2000 como XR 250 Tornado, CBX 250 Twister e CB 600F Hornet. Uma exceção necessária foi incluir a CBX 750F 1986, ainda importada, cujo sucesso deu início ao processo de nacionalização do modelo para 1987 (o acervo também inclui uma unidade da última série, batizada de Indy).

As visitas começam em janeiro, somente aos sábados, com entrada gratuita das 9h às 17h. O museu fica dentro do Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), na alameda Comendador Dr. Santoro Mirone, 1460, em Indaiatuba (SP). 

 

©Copyright Duas Rodas. Para adquirir direitos de reprodução de conteúdo, textos e/ou imagens: marcelo@revistaduasrodas.com.br         

APLICATIVO



INSTAGRAM